O GRANDE MISTERIO DA CHAMA VIOLETA


O Grande Mistério da Chama Violeta
Daí uma Taça de Chama Violeta em nome do Cristo
Ide Incendiar o Mundo com a Chama Violeta!


O vosso lugar de invocação é o vosso chakra da garganta. Ele também pode ser definido como plano de encarnação da vossa alma. Portanto digo para invocardes a chama por intermédio do chakra da garganta e para acrescentardes à vossa invocação, o instrumento do chakra do coração, colocando assim, o amor na chama e atraindo o amor da chama.
Usai o terceiro olho para invocardes a chama violeta com uma intensa visualização, atraindo a chama para o terceiro olho e dotando a chama com o momentum do fogo sagrado desse chakra.
Usai, então, cada um dos chakras para meditar na chama, para focalizar a chama, e para prestar devoção à chama, assim como recebeis a devoção da chama.
Quanto mais criativos fordes no uso da chama violeta, mais compreendereis que a chama violeta é um ritual, possui a consciência do ritual e aguarda com expectativa as horas do dia que consagrai à invocação de um mantra de chama violeta — ou, será que eu deveria dizer, à invocação da chama violeta através de um mantra?
Bem, o mantra é a chama, e a chama é Deus, e o mesmo se aplica ao mantra!
A questão é: Sois vós todos os três? Sois vós a chama, o mantra e a manifestação de Deus?
Esta é a mestria que aguardais com expectativa quando visualizais a chama elevando-se desde abaixo de vossos pés, elevando-se, pulsando e purificando todos os níveis de vosso ser.
Então, quando a concentração fica completa no corpo físico e vós as vedes e a sentis, deixai que ela se estenda lentamente, a partir de vós, como uma aura que possui o magnetismo da chama violeta, e deixai-a aumentar e intensificar.
E assim, amados, quando percorreis, lembrai-vos de colocar o vosso tubo de Luz para proteger o vosso momentum de chama violeta.
Mas estejais também prontos quando virdes os olhos de um portador de luz, de uma criança necessitada e de uma alma que olha para Deus pedindo ajuda. Que não temais ser um instrumento que transfere uma taça de chama violeta em nome de Cristo.
Possuir um reservatório de chama violeta significa que ao invocardes a chama violeta, estais usando a ação do grandioso mar da chama violeta no coração da terra, estais usando a poderosa ação da Cruz de Malta de Saint Germain, estais estabelecendo este pilar de fogo onde estais, multiplicado pelo vosso próprio reservatório.
Acima de tudo, esta é a sétima era e a sétima dispensação, amados. É a era e momento em que todos vós podeis tornar-vos sacerdotes e sacerdotisas da Ordem do Senhor Zadkiel, de Melquizedeque, de Saint Gemain, de Zarathustra e Oromasis e de Diana.
É aquele momento em um ciclo completo de doze degraus, no qual é dado uma volta inteira ao redor do Relógio Cósmico das eras retornando ao lugar do signo de Aquário — o signo da liberação da alma através da chama violeta.
(Era, são ciclos de tempo. Um ciclo completo de 12 eras dura 25.800 anos. São 12 eras astrológicas de 2.150 anos cada. Assim como as nações, as eras tem sua ascensão e queda).
Em nenhuma outra era passada desde a última Era de Aquário, há doze ciclos atrás, houve uma oportunidade como esta para a transmutação global, a intermédio do Senhor e Salvador Jesus Cristo ao vosso próprio potencial cristico interno.
(A era de Aquário é uma era de Chama Violeta, no Amor divino, na 1 hora do Ciclo Cósmico).
Assim, amados, a oportunidade é imensa. Ela se engrandece com a dispensação de Omri-Tas que vos trouxe uma dispensação sem precedentes, dado o nível atual das evoluções da Terra, para reduzir os vossos ciclos cármicos, em anos-luz.
Sabei, portanto, que os estudantes nos retiros dos Mestres Ascensos na oitava etérea que não estão encarnados, consideram a importância deste dia do mês (dia 3 de cada mês)! Portanto todos os retiros do planeta inteiro estão simplesmente pulsando na alegria da chama violeta!
E nós guardamos esta chama e a conservamos e a preservamos nas urnas do nossos altares. Assim, quando acontecer uma crise mundial ou os hierarcas do planeta e os Logos Solares anunciarem a necessidade de transformações na Terra, teremos nos altares de todos os retiros da Grande Fraternidade Branca na Terra, os recursos para aquinhoar essa chama violeta que temos invocado e guardado cuidadosamente para que seja possível uma transição suave, quando a Grande Lei decretar o equilíbrio desse carma que pesa fortemente no corpo da Terra e que tem sido carregado por tantos bilhões de almas que nela vivem.
Vede, assim, amados, que podeis fazer o mesmo! Podeis acender os fogos da chama violeta em todos os vossos chakras e em todos os níveis do vosso ser, uma vez que degrau após degrau, os vossos chakras representam os sete planos do céu.
Podeis subir estes degraus, amados! E podeis erguer os sefirotes ao ponto do EU SOU O QUE EU SOU.
(Sefirotes - do Hebreu Sephiroth; Na Cabala, são manifestações da luz de Deus para seus filhos. Os dez poderes ou potencias que compõem a árvore de Cabalistica da vida, os dez nomes de Deus, nomeados Kether (a coroa); Hochmah (sabedoria); Binah (compreensão); Hesed (compaixão); Geburah (força); Tiph'ereth (beleza); Netsah (triunfo); Hod (majestade); Yesod (fundação); e Malchuth (reino).)
Compreendei, assim, o significado dos ciclos segundo caminhais na Senda como um verdadeiro iniciado da Grande Fraternidade Branca.
Compreendei agora, amados, o grande mistério da chama violeta. A chama violeta é uma ação que pode ser acelerada, ou desacelerada, sintonizada com qualquer nível dos sete chakras.
Portanto, a chama violeta que guardais no coração, possuirá uma frequência diferente em relação a chama que guardais no chakra do plexo solar, e assim por diante.
E ao acelerardes os estágios da chama violeta, desde o chakra da base da espinha, até o chakra da coroa, ocorre uma aceleração da chama violeta que afeta todos esses níveis no corpo terreno.
Assim, ao começardes no chakra da base e prosseguir, elevando-vos até a coroa, experimentareis a Deus nos sete níveis do céu bem no vosso próprio ser!
Portanto eu vos digo para reconhecerdes o valor dos chakras no vosso corpo. Valorizai-os bem, amados, pois eles são cálices.
E no dia e na hora em que uma calamidade súbita ou uma doença terminal ou uma praga de qualquer natureza sobreviver ao vosso lar ou ao vosso corpo, tereis taças cheias de chama violeta que serão um remédio precioso, na forma de um precioso unguento que podereis utilizar espiritual e fisicamente.
Compreendei, portanto, amados, que pessoa que não passa recolhendo os seus cântaros por toda a sua cidade por toda a sua cidade e os seus habitantes para traze-los a um determinado local no terceiro dia do mês e enche-los com a chama violeta certamente não prevê que possa surgir o dia em que não haja mais chuva de chama violeta.
Portanto, nesse dia, os cântaros estarão secos se não os encherdes agora e estarão cheios se os encherdes agora!
Assim, amados, não se trata de um anuncio de letreiro. Pois a chama violeta é infinita – é infinita a partir do vosso próprio Corpo Causal de Luz, infinita desde o planeta violeta e de Omri-Tas.
Mas posso dizer-vos que nós, os irmãos e as irmãs que estudam com o nosso amado sacerdote Melquizedeque, que verdadeiramente foi rei de Jerusalém e sacerdote do Deus Altíssimo, conhecemos o valor de acumular a chama violeta.
E vos pedimos para que façais o mesmo, amados, na vossa oitava. Pois onde existem bolsões de concentração da chama violeta e vós na vossa alegria e amor pelos amados Saint Germain e Pórcia e por tudo o que eles fizeram por vós, isto mantém esta chama violeta.
Muito bem, vede, sois como pontos que acendem um mundo inteiro com a chama violeta. Sois praticante um acendedor! E alguém que chegue pode invocar uma única chama violeta e conseguir todo o momentum que ela possui. Assim, a chama violeta será contagiosa! Ela saltará de coração em coração, de continente em continente, de vilarejo em vilarejo!
Compreendeis amados? A nossa meta é ver o planeta Terra tornar-se, tal como ele deveria ser, um planeta violeta!
E assim, Omri–Tas e todos os poderosos seres do Planeta Violeta torcem por vós. É por isto que Alfa veio com a quarta aflição. Pois esta aflição desce para atar as forças do anticristo que aviltam a Mãe Divina na sua progênie e nos seus filhos e filhas.
(Cada ascensão e queda de uma Era, é dividida em quatro fases. No momento estamos vivendo a fase de Kali Yuga que é a fase final e de maior decadência do final de uma era.)
Este julgamento tem que acontecer, pois não permitiremos que os caídos abusem da chama violeta. Pois todas as chamas podem ser abusadas pelos magos negros da senda da mão esquerda, e eles usam-na não para libertar, e sim para aprisionar.
Portanto, sabei disto, amados. E assim chegará o momento em que haverá um limite na quantidade de chama violeta que a Terra poderá receber, a menos que, e até que, estes caídos sejam atados.
Felizes sois vós que compreendeis o conceito dos grandiosos trabalhos dos Elohim de Deus, de forma que podeis realizar um trabalho fácil e um trabalho rápido para atar as forças do Mal que desejam abusar das próprias dádivas de Saint Germain, que ele tão amorosamente concedeu aos seus; pois as forças do Mal já estão abusando delas, assim como abusaram da ciência e da tecnologia e em todas as manifestações desde os dias finais da Atlântida.
E, conforme sabeis, estas manifestações dos abusos da ciência foi na realidade, uma das principais causas do afundamento da Atlântida.
Felizes sois vós quando possuis a iluminação! Podeis considerar que eu vós trouxe a chama violeta mas o que eu vos trouxe foi a chama violeta da chama da iluminação!
Escutai agora o seguinte. Existe a chama violeta do raio azul. Existe a chama violeta do raio amarelo. Existe a chama violeta do raio rosa. Existe a chama violeta do raio branco. Existe a chama violeta do raio verde. Existe a chama da violeta púrpura e dourado salpicado de rubi. E existe a chama violeta do sétimo raio da chama violeta!
Agora, portanto, amados, observai como a chama violeta pode elucidar a mente, o coração, o corpo e o ser, acerca de toda a compreensão, todo o conhecimento, toda a percepção, todos os sentidos, todas as funções dos chakras.
Isto pode acontecer quando são purgados, revivificados e purificados pelo elixir da chama violeta. É porque vedes a cada uma das cores de forma mais brilhante!
Vedes o cristal e o núcleo de fogo branco de cada raio de uma forma mais brilhante!
Assim a chama violeta tem um aspecto em cada um dos sete raios. E ao invoca-la e permitir que ela complemente os sete raios, amados, aprendereis a mais acerca desses raios do que jamais haveis aprendido quando apenas vós concentráveis unicamente nesses raios.
A chama violeta é certamente a aura universal do planeta neste momento, pois muitos anjos, elementais e Guardiães da Chama a invocaram.
Digo que continueis a invoca-la, pois recebereis os maiores de todos os milagres através desta chama e através desta combinada com outras.
Enfatizamos a iluminação, amados, porque, certamente, sem a iluminação, o que existe são simplesmente as trevas absolutas e a noite escura da alma e a noite escura do Espírito, onde não há nenhuma vela.
Trago-vos, juntamente com todos os sacerdócios de Melquizedeque que estão aqui comigo nesta noite — velas, velas de chama violeta.
A cera, ou alguma outra substância semelhante, é da cor da chama violeta e a chama é da cor violeta.
Tomai agora a vossa vela, amados. Segurai-a diante de vós! 
Ficai em paz! Sede um Guardião da Chama! E ide incendiar o mundo com a chama violeta! Eu me inclino diante da chama violeta que está dentro de vós e digo-vos adeus.


Pérolas de Sabedoria VOL.35 No.37
Ditado de Um Porta-Voz da Delegação do Sacerdócio de Melquizedeque, dado a mensageira Elizabeth Clare Prophet 
Correção de tradução e comentários entre (parênteses) - Paulo R Simões –
(foto de Melquizedeque da The Summit Lighthouse)


Deixe um comentário